Seja Bem Vindo !!!

domingo, 24 de julho de 2011

Autópsia de Amy Winehouse é adiada para segunda-feira

A autópsia que irá explicar a causa da morte da cantora Amy Winehouse, encontrada morta em sua casa aos 27 anos na tarde de ontem, só deve ser marcada amanhã, anunciou a polícia de Londres na manhã deste domingo.
Amy pode ter inéditas; ouça última música lançada
Veja fotos da vida e da carreira de Amy Winehouse
Amy Winehouse tentou reabilitação duas vezes em quatro anos
Assista "Rehab", maior sucesso da carreira da cantora
Segundo informações iniciais, a necropsia deveria acontecer ainda hoje, mas essa possibilidade foi agora totalmente descartada.
A polícia inglesa reiterou também em comunicado que a morte ainda é tratada oficialmente como inexplicada e que não houve até o momento nenhuma prisão relacionada ao caso.
Shaun Curry - 23.jul.09/France Presse

Amy Winehouse fuma um cigarro no intervalo de audiência no Tribunal de Westminster, em Londres, em julho de 2009
Amy Winehouse fuma no intervalo de audiência no Tribunal de Westminster, em Londres, em julho de 2009

O site TMZ, no entanto, afirma que a polícia está trabalhando com a hipótese de overdose, mas aguarda o resultado da autópsia para confirmar a suspeita.
Os tabloides britânicos deste domingo afirmam que Winehouse foi vista comprando uma grande quantidade de drogas na noite de sexta-feira. Segundo o "Sunday Mirror", ela comprou cocaína, heroína, ecstasy e ketamina.
Um amigo da cantora disse ao mesmo jornal que, apesar de todas as drogas compradas por ela, o que provocou a sua morte foi overdose provocada por ecstasy de má qualidade.
Segundo o TMZ, Amy Winehouse ainda apresentava sinais de vida quando foi encontrada pela polícia, mas não resistiu e morreu antes que os paramédicos conseguissem removê-la.
Postar um comentário

↓SÓ AQUI VC APRENDE MATEMÁTICA DE VERDADE! 13 AULAS SUPER EXPLICATIVAS DE MAT 1, 2 E 3. CONFIRA!

Concursos Públicos

STF: aprovados dentro das vagas têm direito à nomeação
Os concurseiros têm um bom motivo para comemorar. Em um ato histórico, o Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu que todo aprovado em concurso público, dentro do número de vagas previstas no ed l, tem direito à nomeação. A decisão foi unânime e irá vigorar em todo o território brasileiro. Tramita agora no Congresso, projeto que garante a nomeação dos classificados. Parabéns a todos pelas conquistas!

Estatísticas

Comentários
Comente também!

Índice de Postagens

O Relógio da Terra